A Utopia Capitalista – O Sucesso ao alcance de todos!

O Delírio Coletivo
O Delírio Coletivo

O Capitalismo vende algo que não pode dar. O Sucesso ao alcance de todos. Não existe espaço para tanto brilho e fama nesse sistema.

Mais uma vez, o espírito da crença e a reversão de valores marca a fórmula de controle do sistema para te menter cego, copiador e consumidor. Desmontoram-se todos os sistemas metafísicos e as utopias mesmo frente a evidente injustiça e crueldade estrutural do sistema capitalista. Ocorre um eclipse do senso de responsabilidade no homem pós moderno. Mesmo paradoxalmente sendo essa a civilização mais centrada no “eu”.

O Professor Leandro Karnal da USP elucida muito bem essa inversão de valores pela analogia aos pecados capitais… Calma, vai fazer sentido.

Luxuria – Trasmutou-se na “Valorização e Usufruto Máximo” dos prazeres do corpo. Hoje tais atitudes são virtudes, dada a ampla utilização do corpo na venda de produtos e serviços que prometem a satisfação pessoal. O apelo ao sexo é uma constante na hora de criar, propagar e consumir.

Ira – Transmutou-se em “Stress que não pode ser contido
Você deve usar esse “stress” como energia motora para ações que exijam agrecividade frente ao mercado competitivo ou na hora de comprar o último produto da loja. Deve por pra fora toda a sua IRA e sacia-la com vitória ou consumo. “Põe pra fora!”

Avareza – Transmutou-se em “Planejamento Futuro”
Você guarda para um possível desconforto futuro, faculdade dos filhos, etc… Ajudar o pobre nada… Virtude… Sei…

Inveja – Transmutou-se em “Metas”
Não é que eu inveje o carro do vizinho, mas eu preciso ter um! É a minha tristeza pela felicidade alheia que motiva minhas “metas”. Pense nisso…

Preguiça – Transformou-se em “Relaxamento”
Um momento de preguiça se tornou necessário para poupar seu corpo e mente dos stresses cotidianos. Para isso empregados são uma ótima ferramenta, “vão fazer coisas por mim”.

Gula – Outra que “virou Virtude”
Coma tudo e experimente tudo o que puder comprar, mesmo que seu corpo tenha possíveis danos por isso. (nada que o plano de saúde não resolva né? Por um preço é claro.)

Orgulho – Transmutou-se em “Valorizar a Sí mesmo”.
O pecado original de Lúcifer agora é a maior das virtudes. Você deve se amar antes de todas as coisas, dane-se o outro o que importa é você e quem você gosta (outras projeções de você – a psicologia explica).

Dr. Pavão da UERJ trabalhou por anos no Pinel (hospital psiquiátrico do Rio), e dizia que os esquisofrênicos de 40 anos atras diziam estar sendo “filmados” e andavam pelos pátios com o punho perto do rosto e falando sozinhos como se segurassem algo nas mãos. Hoje nós estamos realmente sendo filmados, e não desgrudamos de nossos celulares… Esse fato transfigura o louco, como o profeta de nossos tempos… Medite um pouco sobre isso. Trágico não?

Voltando ao tema.

As Novas Teologias
As Novas Teologias

Essa inversão de valores dá origem a 3 novas teologias (sim, teologias), pois tentam sair do concreto para o abstrato em busca de soluções para os dramas humanos.

Auto-ajuda

Possui 2 dogmas teológicos:

“Se você não se amar, ninguém vai lhe amar.”
“O que você pensa acontece.”

Teologia vaidosa, que tenta tornar o homem um deus, pois o que você pensa acontece! Muito próximo ao satanismo, bem sabido para quem estuda ocultismo. Nesse caso se ela funcionasse realmente, muitos estariam voando nesse momento. Nada contra o pensamento e a atitude positiva, mas nossa mente ainda possui certas limitações. E não são os livros que despertarão algum poder latente. Se existe tal força, ela não está nas páginas de lugar algum, pois a racionalidade humana vai até certo ponto. Dali em diante o Mistério Divino permanece intacto aos mortais.

Teologia da Prosperidade

Associada as igrejas neopentencostais em sua maioria, prega que rezando e pagando seus dízimos, você sairá do SERASA e vai ganhar 10X mais do que doou ao templo do sacerdote X (que mais se parece com um executivo, ou astro de hollywood vamos ser claros). Não mais o sacrifício e humildade, apenas a Vitória e o Sucesso. Um deus que vai te ajudar a vencer as coisas que lhe atrapalham inclusive no plano material. Famíla Feliz, Saúde Perfeita e Bens Materiais são obtidos pela fé. Uma teologia da prosperidade. Tem muitas delas na TV de madrugada. Um deus de abnegação e humildade não tem mais lugar em nossa sociedade.

Teologia do Empreendedorismo

Ela prega que sucesso e fracasso só ocorrem se você for um mal empreendedor. O empreendedorismo é tido como a ”chave do futuro”. Ela nasce numa visão estadunidense de “winners” e “losers”. O sucesso só vem por seu esforço, e o fracaço é também inteira culpa tua. Uma teologia da matéria, pois atingindo tal ponto de “sucesso” eu alcanço a felicidade. O céu é transmutado em vitória, inferno em fracasso. Existe uma clara aproximação dos títulos do empreendedorismo com os títulos religiosos: “O Monge e o Executivo”, “Mitologia e Negócios”, “Empreendedorismo dando asas ao espírito” são obras comuns.

O Sacerdote deu lugar ao Motivador! O Santuário às salas de reuniões! Vestir a “camisa” da empresa é a formula e modelo de comportamento para o Sucesso, o céu pós moderno. Os ritos são inúmeros no meio corporativo, desde dinâmicas de grupo a confraternizações internas.

Novos ídolos foram inventados. Novos “santos”, “modelos”. Os livros que mais vendem hoje são biografias de Steve Jobs, Bill Gates e outros. As pessoas que leem esses livros desejam apenas imitar a vida desses homens e desvelar o segredo de seu sucesso, querem ter a cabeça deles. Mas Steve Jobs nunca leu um livro para ser ele mesmo… Ou os “Astros” (perceba bem essa nomenclatura) da Música e TV não são ídolos? Todos querem ser como eles. É o mesmo processo que os monges passavam enquanto liam a vida dos santos na idade média. Ídolo é aquele que é idolatrado, uma divindade. Hoje temos programas para escolher divindades, para fabricar divindades. Mais uma ferramenta para que as pessoas acreditem que podem chegar “lá”. Uma lobotomia completa. Um absurdo sem precedentes.

O que o Capitalismo não diz é que nesse sistema não há lugar para todos serem Stive Jobs, ou Bill Gates ou um Astro de hollywood. NÃO CABE TODO MUNDO SUPER RICO, LINDO E FAMOSO NESSE SISTEMA! É uma ilusão que é vendida e você compra. O SONHO DE TODA UMA CIVILIZAÇÃO É UMA ILUSÃO!

E mesmo assim, todos tentam imitar as imagens da TV. Todos estão sorrindo e vivendo bem no Facebook. Alguns aprendem até usar Photoshop para camuflar realidades desagradaveis aos sentidos, desagradaveis a mente. Ninguem quer ter sua imagem vinculada a infelicidade. Somente ao sucesso, a felicidade. Mais proximos da vida dos ídolos.

Afinal, ou você é um Winner, ou um Loser.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s